POLÍTICA DE QUALIDADE BIANCHINI

Nossa forma de fazer sempre o melhor.

A Bianchini S/A sempre priorizou a qualidade, tanto nos seus produtos quanto nos serviços prestados aos seus clientes. Essa filosofia facilitou a implantação do Programa Bianchini de Qualidade, iniciado em 2005, na unidade de Rio Grande/RS, para atender a necessidade de adequação aos exigentes mercados consumidores de farelos destinados à alimentação animal, principalmente o da Comunidade Européia (CE). O modelo de Gestão de Qualidade escolhido foi considerado um dos mais exigentes na CE.

Na época, o Programa GMP 13, era regido e homologado pelo Productschap Diervoeder ou Product Board Animal Feed (PDV), organização holandesa que regula a legislação pública sobre Higiene e Segurança Alimentar.

A partir de 2010, a gestão das normas GMP passou integralmente para o GMP+International, entidade certificadora das Normas GMP+FSA, que trabalha alinhada com as principais regras para a segurança alimentar.

GMP+ INTERNACIONAL

Mais que uma sigla, uma busca pela excelência.
GMP Logo

GMP significa Good Manufacturing Practice, em português BPF – Boas Práticas de Fabricação, sigla internacionalmente conhecida do selo de identificação do Certificado de Garantia de Qualidade, que distingue indústrias que produzem ingredientes para alimentação animal seguindo as melhores práticas de fabricação.

As Boas Práticas de Fabricação têm como resultado um produto livre de contaminação de qualquer natureza – física, química ou biológica – tendo como objetivo nos seus controles, a Garantia da Segurança dos Alimentos, termo conhecido como Feed Safety Assurance (FSA). Dessa forma, a Bianchini S/A adota os procedimentos das Boas Práticas de Fabricação seguindo os procedimentos do GMP+FSA, assim como o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (HACCP/APPCC) para a avaliação e prevenção de riscos, garantindo um produto inócuo ao consumidor.

CERTIFICAÇÕES BIANCHINI

Resultados da nossa busca diária por qualidade.

A Bianchini S/A conquistou importantes certificações que confirmam a qualidade dos produtos e serviços que presta, assim
como os processos de comercialização.

Certificações gerais:

Laboratório acreditado junto a Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO (Cgcre) segundo os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025. A Acreditação é o reconhecimento formal de que um laboratório (organismo de Avaliação de Conformidade – OAC), possui competência técnica e atende a requisitos previamente definidos e demonstra ser competente para realizar ensaions com precisão confiabilidade.

Certificação Kosher: os produtos produzidos atendem às determinações específicas para comunidade judaica ortodoxa.

Renovabio – no ano de 2021, a Bianchini conquistou a certificação Renovabio. O programa Renovabio é a Política Nacional de Biocombustíveis, instituída através da Lei nº 13.576/2017, com os seguintes objetivos:
1) Reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa na produção, comercialização e uso de biocombuistíveis;
2) Através dos CBIOs (Créditos de Descarbonização), estimular a expansão dos biocombustíveis na matriz energética, a regularidade do abastecimento de combustíveis e assegurar previsibilidade para o mercado de combustíveis;
3) Contribuir para o cumprimento dos Compromissos Nacionalmente Determinados pelo Brasil no âmbito do Acordo de Paris.
Fonte: ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis

Matriz Porto Alegre:
– Certificado GMP+B3: Trade, Collection and Storage & Transshipment (Trading in Feed)
– Site Internacional – BIANTRADE LPP-LONDON:
– Certificado GMP+B3: Trade, Collection and Storage & Transshipment (Trading In Feed)

Unidade de Rio Grande:
– GMP+B2: Production of Feed Ingredients (version 01.07.2018)
– GMP+B3: Trade, Collection and Storage & Transshipment (version 01.07.2018)

Unidade de Canoas:
– GMP+B2: Production of Feed ingredients (version 01.07.2018)

A Bianchini S/A possui ainda em suas unidades de Rio Grande e Canoas a certificação de Unidade Armazenadora (UA), atendendo a Instrução Normativa nº 29 de 08 de junho de 2011 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (IN 29/2011 – MAPA).

Também cumpre integralmente e de forma criteriosa a Instrução Normativa nº 04 de 01 de março de 2007 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (IN 04/2007 – MAPA), que regulamenta as Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Fabricantes de Produtos Destinados à Alimentação Animal.

Com a sua diretoria completamente envolvida na melhoria contínua, estamos trabalhando intensamente os conceitos das Boas Práticas de Fabricação, através de treinamentos e conscientização dos seus fornecedores e colaboradores, que são peças fundamentais para o sucesso da Qualidade Total.

Nossos registros junto ao GMP+International podem ser encontrados no portal: www.gmpplus.org.

SEGURANÇA DO TRABALHO

Para a Bianchini, criar um ambiente de trabalho seguro é essencial. Ser uma das melhores empresas do agronegócio em relação a saúde e segurança do trabalho é um desejo e uma ambição da empresa, que coloca em prática uma série de ações de conscientização sobre o tema. Projetos como as Regras de Ouro, que contempla todos os requisitos para executar o trabalho de maneira segura, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat), que envolve os trabalhadores próprios e terceiros e o Encontro Regional de Segurança, anualmente no mês de fevereiro, com o objetivo de preparar os colaboradores para o período da safra. Além disso, o SESMT da empresa realiza os laudos ambientais (como PPRA e LTCAT), avaliações ergonômicas e laudos médicos (ASO e PCMSO), além de reuniões com as equipes (diálogos diários de segurança)